Foto: Raiça Bomfim

Raiça Bomfim

Atriz, escritora e produtora. Graduada em Interpretação Teatral pela UFBA e mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da mesma universidade. Integrou até 2012 o grupo Alvenaria de Teatro/BA, no qual foi atriz/criadora do espetáculo BAKXAI-sobre As Bacantes (com a indicação na categoria “Revelação” do Prêmio Braskem 2010), dos experimentos cênicos Outros Cães e Travessia, dos espetáculos-performance Fogueira e Butô de Bêbado Não tem Dono. Como atriz, trabalhou em espetáculos como Labirintos (que teve três indicações para o Prêmio Braskem de Teatro 2009) e Primeiro de Abril (2008), ambas com o Grupo Vila Vox, dirigidas por Patrick Campbell e Gordo Neto respectivamente. Em 2012, iniciou a pesquisa sobre “Ofélia”, personagem de Shakespeare, numa série de esboços autorais. Em maio recebeu o prêmio de “melhor cena” no “Festival Home Theatre 2014” (RJ), com o Segundo Estudo para a criação do espetáculo “OFÉLIA BLUE”. Em abril de 2015, estreou o espetáculo solo “OFÉLIA: sete saltos para se afogar”, como resultado dos estudos sobre a afogada - pela criação e atuação neste solo, foi indicada ao Prêmio Braskem de Teatro 2016 na categoria Revelação. Fez cursos com mestres e professores como Tadashi Endo (Butoh Ma), Maria Mommelson (Laban), com grupos como Galpão, Vertigem, Lume, e em centros culturais como o Instituto Leimay (EUA). Orientou a criação dramatúrgica da montagem da Cia Basalto, selecionada no “Programa VAI” 2014. Ministrou oficinas como “Corpo e voz: procedimentos para uma criação polissêmica e autoral” (FITLÂ_2015); “Como eu me criei”, para maiores de 60 anos (Caixa Cultural - Salvador, 2012); “Expressividade do corpo micromuscular” (2012) e “Investigação de um rito pessoal”, (2011), ambas com o grupo Alvenaria de Teatro. Como escritora, tem três livros lançados: “10 Pontes” (2011), “O que é uma casa?” (2012) e “12Lâminas” (2013). Atualmente está em fase de finalização de seu novo livro “Manual de Afogamento”, contemplado com a Bolsa de Incentivo à Criação Literária - Poesia (PROAC/Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo) e com a Bolsa de Fomento à Literatura (Biblioteca Nacional/MINC). No começo de 2015 deu início, juntamente com Olga Lamas, ao território de articulações criativas intitulado Gameleira Artes Integradas.

    © 2020 por Gameleira Artes Integradas